FECOMERCIÁRIOS CNTC União Geral dos Trabalhadores
Central de Atendimento: 15. 3212-7110
22-Jul-2011 00:00 - Atualizado em 15/02/2017 11:51

Centrais se reúnem com Alckmin para tratar de passeata de 3 de agosto

,
O sindicalista Antonio de Sousa Ramalho, o Ramalho da Construção, um dos coordenadores do Núcleo Sindical do PSDB, acompanhou as centrais trabalhistas à audiência realizada, no último dia 21 de julho, com o governador Geraldo Alckmin, no Palácio dos Bandeirantes.

O motivo da audiência foi o de encontrar meios para que a passeata dos trabalhadores, marcada para 3 de agosto próximo, cause o mínimo de transtornos possível no dia a dia da cidade de São Paulo.

"O governador foi muito receptivo às lideranças sindicais. Se comprometeu a manter contato com a polícia e a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) para que analisem e determinem estratégias específicas para o bom andamento da manifestação. No próximo dia 26 de julho, inclusive, as centrais estarão com o secretário da Segurança Pública, Antonio Ferreira Pinto, para formatar o evento", afirma Ramalho.

A passeata de 3 de agosto pretende levar 100 mil trabalhadores às ruas de São Paulo para defender bandeiras do sindicalismo, entre elas: redução da jornada de trabalho para 40 horas semanais sem diminuição de salário; fim do fator previdenciário; regularização do processo de terceirização, hoje desenfreado e o término da demissão imotivada, tanto entre os funcionários públicos como entre os da iniciativa privada.

Força Sindical