FECOMERCIÁRIOS CNTC União Geral dos Trabalhadores
Central de Atendimento: 15. 3212-7110
13-Nov-2019 16:02
Livre comércio

Guedes diz que conversa com chineses sobre formação de área de livre comércio

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou nesta quarta-feira (13) que o governo brasileiro tem intenção de formar uma área de livre comércio também com a China.
No fim de julho, o Brasil iniciou oficialmente as negociações para o fechamento de um acordo comercial com os Estados Unidos, após o Mercosul ter fechado, semanas antes, um acordo de livre comércio com a União Europeia.
"Estamos conversando com a China sobre a possibilidade de considerarmos uma ‘free trade area’ [área de livre comércio]. Estamos buscando um alto nível de integração. É uma decisão. Queremos nos integrar às cadeias globais. Perdemos tempo demais, temos pressa", afirmou o ministro, em seminário do banco dos Brics, em Brasília.
A capital federal recebe a partir desta quarta o encontro de cúpula do grupo, que reúne líderes de Brasil, China, Índia, Rússia e África do Sul.

Guedes afirmou que, por 40 anos, a economia brasileira ficou isolada do comércio mundial, com participação muito pequena. E acrescentou que nos próximos anos buscará caminhar mais rapidamente em termos de abertura da economia. "Vamos fazer 40 anos em quatro", declarou.
 
O ministro da Economia afirmou ainda que não interessam ao Brasil guerras ou tensões comerciais – como as protagonizadas nos últimos meses entre os Estados Unidos e a China, as duas maiores economias do mundo.
"Ao contrário, we want to be friends with everybody' [queremos ser amigos de todos]", disse. E completou, ainda em inglês: "we are open for business [estamos abertos aos negócios]".
Segundo ele, o governo Bolsonaro chegou com uma "clara decisão" de buscar um caminho de prosperidade, por meio da integração do país ao comércio global, "que os países que deram certo no mundo sempre utilizaram".

G1