FECOMERCIÁRIOS CNTC União Geral dos Trabalhadores
Central de Atendimento: 15. 3212-7110
18-Ago-2019 21:47
Postos de trabalho

Indústrias da região criam 150 vagas em julho

As indústrias da região de Sorocaba abriram 150 postos de trabalho em julho, que reduziu para 1.150 as vagas eliminadas nos sete meses de 2019 e para 700 nos últimos 12 meses. O número positivo, apesar de não ser alto, veio após uma redução drástica de 1.650 vagas em junho. A pesquisa do nível de emprego na indústria foi divulgada ontem pelo Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp). A regional de Sorocaba do Ciesp abrange 48 municípios.

Tiveram os melhores desempenhos na região os segmentos de produtos de borracha e material plástico, confecção de artigos de vestuário e acessórios, equipamentos de informática e produtos eletrônicos, e máquinas e equipamentos, de acordo com o Ciesp. O segmento de veículos automotores e autopeças apresentou demissões no mês.


O saldo mensal de julho é o quarto positivo no ano. Os outros foram janeiro (700), março (50) e maio (350). Por outro lado, fevereiro (-250), abril (-500) e junho (-1.650) tiveram demissões.

No Estado
No Estado de São Paulo, a indústria fechou 3.500 vagas em julho, na série sem ajuste sazonal, conforme o Ciesp. No acumulado do ano, o saldo também é negativo, em mil vagas.

“Esta redução já era esperada para o mês de julho, conforme havia sido sinalizado pela pesquisa Sensor. O avanço na agenda das reformas pode dar fôlego ao crescimento da economia, gerando emprego no setor industrial”, disse José Ricardo Roriz, 2º vice-presidente do Ciesp.

Entre os segmentos acompanhados pela pesquisa, 41% apresentaram variações negativas, com 9 demitindo, 8 contratando e 5 permanecendo estáveis.

Os principais destaques negativos ficaram por conta de veículos automotores, reboques e carroceria (-2.163), couro e calçados (-966) e produtos de metal, exceto máquinas e equipamentos (-565). No campo positivo ficaram, principalmente, confecção de artigos do vestuário e acessórios (499); produtos farmoquímicos e farmacêuticos (349) e celulose, papel e produtos de papel (305).

Entre as 37 diretorias regionais do Ciesp, 51% apresentaram resultados negativos. Nas 19 regiões com resultado negativo, São Bernardo fechou 1.050 vagas, principalmente por causa dos segmentos de veículos automotores e autopeças e produtos de borracha e plástico. Botucatu foi o destaque positivo, com geração de 350 vagas, influenciada por confecção e artigos do vestuário e veículos automotores e autopeças. 

Estadão Conteúdo